Genealogia de uma música

A música é KILL THE POOR, primeira música do lado A do disco Fresh Fruit for Rotting Vegetables, do Dead Kennedys, lançado em 1980:

Reparem no início lento: “Efficiency and progress… Is ours once more…”.

Aí vem o refrão:

Kill kill kill kill kill the poor… 

Kill kill kill kill kill the poor… 

Kill kill kill kill kill the poor… 

Toni-i-i-i-i-ight

Sabem de onde Jello Biafra tirou essa música? De YOU’RE GONNA KILL THAT GIRL, do Ramones, lançada no Leave Home, no fim de 1976:

Reparem no início lento: “I saw her walking down the street…”

Aí vem o refrão:

Hey, he’s gonna kill that girl 

Hey, he’s gonna kill that girl

Hey, he’s gonna kill that girl

Toni-i-i-i-i-ight

 

E no final:

Kill kill kill kill kill that girl… 

Kill kill kill kill kill that girl…

Kill kill kill kill kill that girl…

 

Mas de onde o Ramones tirou essa música? De RUNAROUND SUE, de Dion and the Del Satins, lançada em 1961:

https://www.youtube.com/results?search_query=runaround+sue

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Adolescents em estúdio

Depois do excelente EP American Dogs in Europe, lançado há um ano, Adolescents está em estúdio gravando alguma coisa. Torço para ser um LP inteiro. O estúdio é o Racket Room em Santa Ana, Orange County, CA. Há exatamente uma semana, Steve Soto gravava baixos. Há seis dias, Tony Adolescent gravava vocais. Neste exato momento, Dan Root está gravando guitarras, provavelmente duplicando e gravando solos. Vem coisa por aí !

800px-The_Adolescents3

Gimme the Sweet and Lowdown

Nesse video, Mike Ness diz que Gimme the Sweet and Lowdown é a melhor música de Hard Times and Nursery Rhymes na opinião dele.

A letra é sobre um ex fudido que precisou mudar de vida, na linha de tantas outras das recentes: Live Before you Die, California (Hustle and Flow), Reach for the Sky, Winners and Losers, Writing on the Wall, Faithless, Still Alive, Far Side of Nowhere, Angel’s Wings, Take Care of Yourself…

Agora as Mad Twins Olya e Vera Ishchuk fizeram uma sensacional animação para a música, também na mesma linha. Identifiquei vários dos meus herois, que me levaram por caminhos parecidos: