Suicidal Tendencies 1985-1987

Dois sensacionais videos do Suicidal Tendencies apareceram no youtube no ano passado, postados pelo mesmo berloga41.

Esse é de 1985, em Newport, KY. Galera de Kentuckt animada:

Esse outro é de 1987, provavelmente da turnê do Join the Army, em Detroit, MI:

Valeu, Berloga !

Anúncios

Generation For Peace !

Dica importante do Dudu:

Generation Fucking Principle é uma nova banda californiana formada por velhos fodões da cena. GFP mostra suas raízes já na logo, com letras clássicas da costa oeste:

A banda é formada por Greg Hetson (Circle Jerks, Bad Religion), Amery “AWOL” Smith (Suicidal Tendencies, Uncle Sam, AgainST), Crazy Tom (Dead Fucking Last) e o skateboarder Z-Boy Tony Alva.

Tem algum material na página deles no facebook, umas músicas no reverbnation e acho que é só, por enquanto. Mas temos ficar de olho.

www.punkrecords.com

Uma excelente dica para punk rock californiano da década de 1980.

O site/selo punkrecords.com é tocado pelo Jason McKelvie, figura antiga da cena. Ele aparece na capa do single Possessed to Skate, do Suicidal Tendencies. É um desses aí abaixo, mas não sei quem.

Lançou, em seu selo, a coletânea Farewell to Venice, cheio de bandas interessantes, como No Mercy, Jughead’s Revenge e Neighborhood Watch.

Vale a pena conferir tanto o http://www.punkrecords.com, que é o site do selo dele, quanto o http://www.punkrecords.net, que é o site da loja de vinil usado que ele também é dono. É fabulosa.

Comprei um No Mercy com ele, e a negociação foi ótima. Recomendo.

Easter e a bandana Suicidal

Não tenho nada dessa banda. Easter tocava um punk rock num estilo parecido com Buzzcocks e The Boys. Quem cantava era o Danny Dean, que, na foto abaixo, está em sua Triumph.

Hoje, o Danny Dean tem uma banda de Rockabilly. Ele também toca no Anti, que conta com o Jack Debone, do Channel 3. Quem conta isso é ele mesmo, nos comentários desse video que postou no youtube. No video, o guitarrista base é o Mike Ness, que está com uma bandana que, se vi bem, é a mesma bandana com os “x”, que logo ficaria famosa com o Suicidal Tendencies, principalmente a partir do disco How Will I Laugh Tomorrow… A bandana, que já estava no desenho da capa do Join the Army, aparece em destaque na capa e na contracapa do How Will, na cabeça e na cinta do Mike Muir e do Mike Clark:

No encarte, a bandana aparece também com o baterista R. J. Herrera. Os autógrafos estão no disco da minha coleção pessoal:

Nos demais lançamentos do ST, a bandana esteve sempre presente. Ela também aparece na capa do disco do Chicano Christ, além do último Welcome to Venice, produzido pelo Louiche Mayorga:

Comprei a minha no show do Suicidal em Curitiba, em 1997, eu acho. Na época, era um artigo de luxo e de alta raridade. Atualmente, ela pode ser comprada no ST Tattoo, em Venice, ou pela internet, no site da banda, no link de merchandise, também numa surpreendente versão preta.