II Curitiba Ramones Day – 6: Adios Amigos!

O sexto disco da minha lista é o último: o excelente Adios Amigos. Outra capa estranha:

Pegaram a obra do Mark Kostabi, abaixo, e mexeram um pouco, colocando os sombreros:

O disco começa com o cover I Don’t Wanna Grow Up, do Tom Waits, lembrando o Subterranean Jungle, que também começava com o cover de Little Bit O’ Soul. Ideia do CJ. Vejam os godfathers of punk rock tocando a música, magistralmente, no David Letterman.

Em seguida vem Makin Monsters for My Friends, do Dee Dee e do Daniel Rey, que já fora gravada no excelente disco do Dee Dee Ramone ICLC, I Hate Freaks Like You, cantada pelo CJ. Vejam aqui a dupla Dee Dee + John Carco tocando a música, sem bateria, num programa de televisão alemão.

Depois, segue It’s Not for Me to Know, outra do ICLC, outra da dupla Dee Dee + Daniel Rey.

Mais uma da dupla: The Crusher, gravada pelo Dee Dee King no ótimo disco Standing In The Spotlight, que no Adios Amigos saiu com umas partes cortadas. Cantada pelo CJ com o refrão feito pelo Joey.

Joey num de seus áureos momentos como compositor e cantor: Life’s a Gas é genial, linda, fantástica.

Take The Pain Away é outra de Dee Dee e Rey, punk rock clássico.

Depois vem o cover I Love You, do Johnny Thunders, tocada igualzinho, inclusive a bateria do Marky, e cantada lindamente pelo Joey. A música fecha o Lado A da versão em vinil

O lado B começa com outra do Dee Dee e do Rey, Cretin Family. Na letra: “I’m never wrong/ Don’t tell me what to do”. Vocais do CJ.

Have a Nice Day é do Marky, e é tocada na velocidade que a banda usava, ao vivo, para as músicas mais rápidas. Junto com Zero Zero UFO e R.A.M.O.N.E.S., são as únicas músicas de estúdio gravadas com aquela velocidade.

Seguem duas belas composições do CJ: Scattergun e Got Alot to Say, a primeira cantada por ele.

She Talks to Rainbows é outra baladona típica do Joey, maravilhosa, cantada com emoção, arrastada, voz meio rouca.

O disco fecha com Born to Die in Berlin, outra do Dee Dee, na parceria com Carco. Dee Dee, que estava fora da banda já há seis anos, compôs quase metade desse fantástico album. E, nessa música, canta uma estrofe em alemão, por telefone.

Na versão em cd americana, está escondida Spiderman, ao final. Em uma outra versão em cd, aparece R.A.M.O.N.E.S., cover do Motörhead, cantada pelo CJ, como faixa bônus.

Adios Amigos fecha com chave de ouro a carreira da banda, que ainda lançaria o último show no disco We’re Outta Here. É meu sexto na lista dos dez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s