II Ramones Day em Curitiba – 3: Rocket to Russia

Rocket to Russia foi o segundo disco do Ramones que eu ouvi, depois do Road to Ruin e fora o Ramonesmania. É meu top 3 da banda.

Com uma produção bem mais elaborada do que os dois primeiros discos, Rocket to Russia foi o último disco com o Tommy Ramone, e define definitivamente o “som do Ramones”, mais do que os dois primeiros. Dee Dee, uma vez, disse que, quando Tommy saiu, a banda nunca mais conseguiu aquela batida punk clássica. E, realmente, Marky e Richie são diferentes. Há momentos de Marky que lembram muito o estilo de Tommy, como em “She’s the One”, “High Risk Insuriance” e “Highest Trails Above”, mas Tommy inventou a batida punk clássica e seu auge está em Rocket to Russia.

O disco abre com Cretin Hop, com o famoso riff E-A-E-D de Johnny Ramone, e o refrão “1-2-3-4 cretins wanna hop some more, 4-5-6-7 all good cretins go to heaven”.

Depois, 1-2-3-4 e começa Rockaway Beach, em dois clássicos que dali pra frente apareceram em 100% dos shows deles. O verso de abertura, de Dee Dee, é genial: “Chewing out a rythim on my bubblegum, the sun is out and I want some”.

Here Today Gone Tomorrow abre com um 1-2-3-4 feito com o chimbal. Balada clássica do Joey, linda.

Locket Love, do Dee Dee, é uma das minhas músicas preferidas da banda. Recomeça insistentemente após cada refrão, com a mesma entonação vocal e as mesmas notas.

I Don’t Care, do Joey, uma das primeiras músicas que ele fez, talvez a primeira. Três acordes, três frases, bateria sempre igual, sem pratos nem viradas, backing vocals do Dee Dee.

Depois vem Sheena Is a Punk Rocker, outro clássico absoluto da banda, composta pelo Joey, segunda vez que a palavra “punk” aparece no título de uma música deles, primeira que a expressão “punk rock” aparece.

O lado A fecha com We’re a Happy Family, outro clássico absoluto da banda, composta pelo Joey, uma das poucas que, nos shows, não começava com 1-2-3-4.

Teenage Lobotomy, do Dee Dee, outro clássico absoluto da banda, conta a história do cara viciado em DDT que faz sucesso com as garotas.

Segue o primeiro cover do disco, Do You Wanna Dance, transformado de uma baladinha mais ou menos em punk rock.

I Wanna Be Well, quando eles tocaram no Olympia em 1992, foi a única vez que eu lacrimejei num show do Ramones. Maravilhosa música do Joey Ramone, também fala de DDT, provavelmente uma predileção deles na época, além de LSD.

I Can’t Give you Anything, do Dee Dee, é honestidade em nível absoluto: “you better know what you want, you know how little I got”. Se me quiser pelo dinheiro, procure outro. Punk clássico também.

Ramona, composta em conjunto pelos quatro primeiros Ramones, é outra música belíssima: “you know I like it when the music is loud”. Vai ser o nome da minha filha.

Depois vem o segundo cover, também presença em vários shows dali em diante: Surfin’ Bird, do Trashmen, gravada também pelo Cramps.

O disco acaba com Why Is It Always This Way?, música pessimista do Joey, que conta a história de uma moça que morreu, e está conservada em formol, porque o cara não consegue deixar ela ir.

A capa lembra a do primeiro disco, os quatro na frente de um muro de tijolos. Na contracapa, aparece o Pinhead, fazendo o aceno com três dedos, que eu interpreto como querendo dizer “Gabba Gabba Hey” – três palavras, três dedos, faz sentido. No encarte, desenhos do mesmo John Holmstrom, da Punk Magazine, que assina a contracapa. Desenhos divertidos para cada música, ilustrando as letras.

Esse disco é fora de série. Hoje, ocupa o terceiro lugar no meu top 10 do Ramones.

Anúncios

5 pensamentos sobre “II Ramones Day em Curitiba – 3: Rocket to Russia

  1. Pô, cara eu chorei nos três shows que eu vi. Muito no segundo, que foi o melhor de todos (1994, Circo Voador, RJ). Você dizer que apenas lacrimejou em UMA música é sacrilégio, hahahahaha…
    Grande abraço, o blog é muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s